Caliente Equilíbrio: Do ocidente ao oriente na Festa das Nações

Reunir em um único local diversas culturas, através da culinária de cada país e regiões brasileiras e suas peculiaridades referentes a cores, a decoração e as roupas. A 28ª Festa das Nações de Piracicaba, que aconteceu no período de 18 a 22 de maio, transformou o Engenho Central no local mais cosmopolita da região, que além de proporcionar aos visitantes da festa uma diversidade de sabores, trouxe, de cada barraca, histórias de cantos diferentes do mundo.

Atendimento na barraca mexicana - Foto: Mariana Bittar

Nas reportagens, Japão, MéxicoAlemanha e Holanda são os destinos que o leitor poderá conhecer. Informações de consulados e embaixadas para interessados  nesses países poderão ser encontrados, além de variar  do equilíbrio nipônico até o caliente México.

Mariana Bittar conheceu o mexicano René Osorio e traz ao leitor uma entrevista recheada de pratos típicos e dicas de lugares que merecem ser conhecidos. Do outro lado do mundo, a japonesa Aiko é a entrevistada de Claudia Assencio que está há décadas no Brasil, vive intensamente sua cultura e até hoje não fala português. Já Carla Oliveira visitou a barraca mais agitada da festa, dona da convidativa cerveja! E Vinícius Montebello foi à tradicional barraca holandesa.

Share

Patrícia Milão

milao.patricia@gmail.com http://www.feicaodefoca.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*