‘Celso Pitta deve estar me esperando no inferno’, diz Protógenes Queiróz

Post By RelatedRelated Post

Deputado Federal Protógenes Queiróz realizou palestra sobre corrupção (Foto: Reinaldo Diniz)

Deputado federal Protógenes Queiróz realizou palestra sobre corrupção (Foto: Reinaldo Diniz)

O deputado federal e delegado licenciado da Polícia Federal, Protógenes Queiróz (PC do B), realizou no dia 22 de agosto, na sala Verde da Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba) com realização do Diretório Central dos Estudantes e do curso de direito do campus Taquaral “XV de Agosto”, a palestra sobre combate à corrupção.

Queiróz iniciou a palestra abordando discussões a respeito da Operação Satiagraha, que segundo ele, desvendou um dos maiores esquemas de desvio de recursos públicos no país, resultando na prisão do banqueiro Daniel Dantas, do especulador Naji Nahas, do ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta (1997-200) e de outros 14 acusados de corrupção.

Com exclusividade ao site sourepórter, o deputado contou que a operação cumpriu seus objetivos. “A Satiagraha cumpriu seu papel no combate à corrupção. Isto significa que o corruptor também vai para a cadeia”, e sobre seu afastamento da operação Satiagraha, Queiróz acredita que tenha sido vítima da influência de um dos investigados. “Demostrou o poder do banqueiro Daniel Dantas”.

O palestrante destacou outro caso que teve sua atuação, o Banestado, que envolveu remessas ilegais de divisas ao exterior na metade da década de 1990. Pelo esquema, segundo Queiróz, foram enviados US$ 19 bilhões ilegalmente para os Estados Unidos. As autoridades americanas recuperaram apenas US$ 17 milhões, que foram devolvidos para o Brasil.

O delegado licenciado mencionou também o desvio de dinheiro na Prefeitura de São Paulo, que resultou na prisão de Paulo Maluf e do ex-prefeito Celso Pitta. “Celso Pitta deve estar me esperando no inferno”, brinca. Preso em 2008, Pitta foi acusado de ser integrante do esquema do banqueiro Daniel Dantas na Operação Satiagraha.

Concluindo a palestra, o delegado licenciado, afirmou que é “preciso uma reforma na legislação para que se observe uma evolução nessa área”. Logo após o encontro, o deputado federal respondeu aos questionamentos da plateia, na maioria formada por alunos de Direito da Unimep.

Share

2 COMENTÁRIO

  1. Gostei, continue se dedicando e aperfeiçoando e com certeza alcançará seus objetivos.

    Abraços.

  2. Excelente matéria. Parabéns!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Email (will not be published)

*