Falta de asfalto no bairro Recanto Paraíso causa transtornos a moradores

Post By RelatedRelated Post

2

Carro trafegando na rua 19 (Foto: Andreson Bispo)

O bairro Recanto Paraíso está sem asfalto há 20 anos e os moradores reclamam dos aborrecimentos que passam pelas ruas de terra e cheias de buraco. No primeiro semestre deste ano, os moradores fizeram um baixo assinado pedindo pelo asfaltamento no bairro. Em resposta, a Prefeitura informou que o município não tem recursos próprios para realizar a pavimentação.

César Barbosa de Souza, morador do bairro há oito anos, conta que sempre tem problemas com a poeira no calor, e na época de chuvas, a garagem sempre fica suja por conta da lama. Ele ainda conta que cerca de seis meses atrás, ele e outros moradores foram a uma reunião na Câmara pedir pela pavimentação.

A poeira é um dos principais problemas já que pode causar problemas respiratórios como é o caso da Claudecy Britto Souza, que tem um filho de três meses diagnosticado com bronquite. Senhorinha da Silva Nunes reclama do mesmo problema e diz que as crianças pequenas ficam doentes. Além da poeira, contam que os carros que passam na rua em alta velocidade, jogam pedregulhos para todos os lados e podem atingir os pedestres.

Técnicos já foram ao local para medir as ruas, mas não houve outra qualquer intervenção. Os moradores reclamam que outros bairros da cidade recebem recapeamento, principalmente na região central da cidade. Mas a Prefeitura de Rio Claro comunicou que os trechos que estão sendo recapeados estão sendo feitos a partir de investimentos do governo federal.

1

Motos trafegando na rua 19 (Foto: Andreson Bispo)

De acordo com o vereador João Teixeira Júnior (DEM), a Prefeitura estaria enviando um projeto de lei para o atendimento de três bairros, dentre 20 que permanecem sem pavimento. “Aguardamos o envio do projeto, o impacto financeiro, quanto isso irá custar para o município, em especial, para a população local, porque são três bairros que foram mencionados de vir esse projeto para a Câmara, mas até agora não chegou”, diz.

O vereador conta que não há uma previsão de quando as obras serão iniciadas no bairro, por conta do atraso do andamento do projeto, e que as únicas obras
acontecendo na cidade são de repasses do governo federal por conta de emendas parlamentares de deputados federais ao Orçamento da União.

Segundo a Prefeitura, o projeto só será enviado para a Câmara de Vereadores para aprovação, após o procedimento
financeiro ser escolhido para realizar a obra.

Share

Andreson Bispo

DEIXE UM COMENTÁRIO

Email (will not be published)

*