Firjan aponta gestões ruins de prefeituras da Região Metropolitana de Campinas

Em pesquisa realizada pela Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), as cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas), não figuram entre as melhores em relação a gestão de prefeituras.

A cidade de Americana aparece atualmente na 447ª colocação no ranking estadual e na 2.635ª posição no ranking nacional.

 Já a cidade de Santa Bárbara D’Oeste aparece na 378ª colocação no ranking estadual e na 2.178ª posição no ranking nacional.

A cidade de Indaiatuba é a cidade mais bem ranqueada da RMC. A cidade aparece na 8º posição no ranking estadual e na 17º colocação no ranking nacional.

Cidade próxima da RMC, mas que não pertencem à região, como Piracicaba está entre as primeiras do ranking.

Piracicaba aparece na 3º colocado no ranking estadual e na e 5ª posição no ranking nacional.

O estudo se baseou em dados de 2010 e comparado a indicadores do sistema em anos anteriores. O IFGF leva em consideração cinco indicadores: A capacidade de arrecadação própria de um município e a dependência do Estado e União, gastos com a população, capacidade de pagamento de fornecedores, dívidas e restos a pagar, investimentos feitos no município e comprometimento da receita com pagamento de juros e amortização de empréstimos de anos anteriores.

Confira o Ranking

Foto: Divulgação

 

Share

Gustavo Belofardi

Aluno do curso de Jornalismo da Unimep-Piracicaba. Para maiores informações mande e-mail para gustavo.belofardi@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*