Maquiar-se requer cuidados antes e após a aplicação dos produtos

por / 27 de maio de 2015 Saúde sem comentários

Post By RelatedRelated Post

A maquiagem é uma tradição no dia a dia de muitas mulheres, principalmente, no ambiente profissional. Maquiar-se requer muitos cuidados antes e após a aplicação dos produtos, para evitar danos à pele e outras consequências. Segundo a dermatologista especializada em cosmiatria, Eliane Dibbern, não há problemas em maquiar-se todos os dias, desde que sejam usados produtos corretos para cada tipo de pele, como uma boa base, um creme, uma loção, e que sejam retirados de forma correta. “Geralmente as maquiagens deixam resíduos na pele e isso tem que ser tirado em sua totalidade, para que a pessoa não desenvolva uma acne cosmética, algum tipo de irritação ou alergia do produto, ou uma dermatite”, relata a dermatologista.

A esteticista Bruna Fernanda da Silva diz que quando a maquiagem não é removida de maneira correta, pode obstruir os poros, deixar a pele mais oleosa, causando espinhas, e também pode ocorrer o envelhecimento precoce. “Há técnicas corretas que devem ser seguidas para preparar a pele antes da aplicação da maquiagem. Também existem passos que devem ser seguidos, para que se faça a remoção adequada”, completa.

De acordo com a esteticista, entre os produtos usados no tratamento pré-maquiagem, estão a aplicação do higienizante, do esfoliante e do tônico, bem como de uma máscara adequada para cada tipo de pele, e o filtro solar. Para a maquiadora Maria Claudia da Silva é recomendado realizar uma limpeza de pele profunda, antes da aplicação dos cosméticos na pele. “É muito importante optar por uma alimentação saudável e beber muito líquido, para que a pele fique mais bonita”, comenta.

Bruna diz que os cuidados com o rosto antes da maquiagem são importantes para melhor fixá-la. “Assim, diminui-se a oleosidade do rosto, retira-se as impurezas e controla-se o PH da pele”, explica.

De acordo com Eliane Dibbern, o tratamento que deve ser feito antes da maquiagem é relativo. “Numa paciente que tem a pele mais jovem, podemos aplicar antes uma vitamina C, para dar uma hidratada. Já em alguém que tem a pele mais flácida e marquinhas de expressão, podemos usar produtos de efeito lifiting. Numa pele mais idosa e ressecada, também são utilizados hidratantes”, exemplifica.

Em relação às soluções caseiras, a dermatologista comenta que existem muitas misturas, como de fubá, maisena, açúcar e mel, porém, diz que o ideal é que sejam usados produtos adequados, já prontos ou manipulados, que não causam risco de queimaduras. “Misturas de limão, por exemplo, podem ocasionar manchas na pele”, conta.

Maria Claudia da Silva cita que na remoção da maquiagem são aplicados o demaquilante, sabonete líquido próprio para cada tipo de pele, tônico, esfoliante e hidratante. “Desta forma, você estará hidratando a pele, após a aplicação da maquiagem”, frisa a maquiadora. Já Eliane Dibbern diz que a remoção da maquiagem deve ser feita conforme cada tipo de pele. “Numa pela mais jovem, usamos produtos mais adstringentes, que tiram melhor a oleosidade. Numa pele mais idosa, utilizamos produtos mais hidratantes, e evitamos aqueles que contêm muito álcool”, finaliza.

Alergias

As maquiagens podem causar alergia, mesmo quando testadas dermatologicamente, pois trata-se de uma questão que varia de acordo com cada tipo de pele. Desta maneira, podem dar alergia devido à cor, à essência ou ao perfume. “É importante que sejam usadas maquiagens já testadas, porém, mesmo assim, podem causar alergia”, explica a dermatologista Eliane Dibbern. Segundo ela, esse tipo de alergia é chamada de dermatite de contato.

Os produtos que possuem maior incidência de alergia são o rímel, delineador e aqueles usados para fazer os contornos dos olhos. “Em primeiro lugar, ao perceber que a pele está irritada, deve-se suspender o uso do produto. Se a alergia é muito intensa, a ponto de ter inchado os olhos, ou se a pele estiver vermelha ou escamando, é preciso procurar um dermatologista para fazer o tratamento adequado, que pode ser feito por medicação via oral ou através de cremes antialérgicos, dependendo do caso”, explica a dermatologista. Ela comenta ainda, que se a alergia acontecer à noite, podem ser feitas compressas geladas de soro fisiológico ou chá gelado de camomila, mas sem açúcar. “Isso alivia um pouco a coceira, não vai resolver a alergia, mas pelo menos será útil até procurar um médico”, ressalta.

Nathalie Gallo

Share

Nathalie Gallo