Moradores da Vila Rezende em Piracicaba reclamam de terreno mal cuidado

Os moradores da Vila Rezende, em Piracicaba (SP), reclamam de um terreno que é usado como depósito de entulho e lixo há meses. “Há tempos a situação piorou. O terreno é um verdadeiro depósito, e vários insetos começaram a invadir as casas”, disse a aposentada Maria Divanil, de 68 anos.

Sacos de lixo e entulhos são jogados diariamente no terreno. Foto: Tiago Marquesini
Sacos de lixo e entulhos são jogados diariamente no terreno. Foto: Tiago Marquesini

A moradora disse ainda que, além do lixo que está sendo jogado no local durante a madrugada, o mato e os entulhos favorecem o aparecimento de animais peçonhentos.

“Nos últimos meses a situação se agravou. Antes era só na garagem que encontrávamos insetos. No entanto, encontrei essa semana no sofá da minha sala e também na cozinha”, disse. Maria disse que uma aranha e um escorpião entraram em sua casa nesta semana.

Tatiane dos Santos, que mora na rua Daniel Rinn, conta que no terreno havia uma horta que foi fechada há aproximadamente dois anos. Hoje, no local, há restos de madeira, tijolos, sacos de lixo e outros tipos de entulho. “Ninguém toma uma providência, apenas cortam o mato às vezes”, declara. “Eu e os moradores entramos em contato com a Prefeitura para resolver a situação. Disseram que iriam fiscalizar, mas já faz tempo que o terreno continua abandonado. Recentemente eu liguei novamente, mas até agora nada”, relatou Tatiane.                                                                                                            

Sacos de lixo e entulho são jogados diariamente no terreno. Foto: Tiago Marquesini
A Secretaria de Defesa do Meio Ambiente informou que a limpeza do terreno é feita regularmente. Foto: Tiago Marquesini

O outro Lado

Sobre o caso, a Sedema (Secretaria de Defesa do Meio Ambiente) informou que a limpeza do terreno é feita regularmente conforme o calendário que está disponível no site da Prefeitura de Piracicaba. A Sedema orienta os moradores a notificar o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) que, por sua vez, irá enviar técnicos ao local para recolher os animais encontrados no local.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*