Motoristas são obrigados a se arriscar para entrar na Avenida Pompeia

Post By RelatedRelated Post

Condomínio impede visão do motorista - Foto: Rodrigo Alonso

Ao parar na placa “pare” da Rua José Eduardo Rufino de Oliveira no bairro do Jardim Panorama II, em Piracicaba, com o intuito de fazer a curva na Avenida Pompeia, o motorista não enxerga os veículos que vêm pelo seu lado esquerdo devido a um alto condomínio, e, por isso, ele precisa avançar a sinalização, colocar o automóvel no meio da via para conseguir ver e, assim, ficar totalmente vulnerável. Além disso, para deixar a circulação ainda mais perigosa e confusa, há o fato de que a rua é de duplo sentido.

De acordo com Kátia Barella de Campos, moradora do Jardim Panorama I e professora particular de inglês, graças a esse problema, já existiram muitos acidentes naquele trecho. Como passa sempre pelo caminho em questão, ela se apresenta claramente incomodada com a falta de segurança e falou que vai reclamar com a prefeitura.

Vindo da Rua Virgílio Pedro Soave, o motorista tem mais segurança para realizar a curva - Foto: Rodrigo Alonso

Porém, o protesto da professora consiste em uma maneira simples de resolver esse caso. “Minha sugestão para melhorar o trânsito daquele lugar é que a Rua José Eduardo Rufino de Oliveira seja somente mão para subir sentido Rua Território do Acre e que a rua de trás (Rua Virgílio Pedro Soave) seja somente pra descer sentido Avenida Pompeia.” Parado na placa “pare” da Rua Virgílio Pedro Soave, o motorista tem uma visão clara dos veículos que transitam pela avenida.

A assessoria de imprensa da prefeitura disse que a Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (Semuttran) informou que nunca recebeu reclamações sobre o local, mas vai encaminhar um técnico para avaliar a situação.

Share

Rodrigo Alonso

DEIXE UM COMENTÁRIO

Email (will not be published)

*