Nem tudo é o que parece ser

Semestre passado podemos desfrutar de uma das áreas que o jornalismo nos proporciona, o web jornalismo. Trabalhamos bastante correndo atrás de fontes e montamos um site para publicá-las. O que achei interessante foi que não focamos em pautas que estão estampadas todos os dias nos jornais, mas sim em assuntos da nossa região que ocorrem no nosso cotidiano. Formamos um grupo, onde quatro eram repórteres e um era editor, a experiência foi muito significativa para mim, pois nunca estive atuando realmente na área e consequentemente com essa oportunidade que o curso me proporcionou tive a chance de vivenciar um pouco do cotidiano do jornalista.

Não aprendemos apenas a fazer uma matéria, mas sim como publicá-la, qual a melhor estratégia para despertar a curiosidade do leitor e ainda como mexer no site e deixá-lo com a nossa cara.

Quando o professor, Wanderley Garcia, na aula de nos comunicou que teríamos que fazer um site para publicar nossas matérias não senti nenhum entusiasmo. Essa é uma parte do jornalismo que não me agradava. Porém, com essa passagem que tive e estou tendo pelo jornalismo na internet me fez ver que esse meio de comunicação atinge várias pessoas, que buscam informações que a possam ajudar no seu dia-a-dia.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*