“Noite de Tradições” lota Largo dos Pescadores e atrai público jovem

Chorinho, samba e bolero agradaram os frequentadores de todas as idades da “Noite de Tradições”, que aconteceu dia 14 de setembro no Largo dos Pescadores, Rua do Porto. recebeu o grupo de chorinho e MPB Corda Solta. Os estilos atraem à seresta as pessoas mais velhas que recordam os tempos de juventude com o resgate da música popular e também um público jovem, que se interessa pelo estilo e frequenta regularmente o evento.

Não é de hoje que a Seresta tem contado com a presença de jovens. É cada vez mais comum vê-los nos eventos, o que tem chamado a atenção até mesmo das bandas convidadas. “Hoje em dia não se ouve muito esse tipo de música na mídia, é tocada por poucas pessoas. É muito gratificante poder passar isso para eles” diz o vocalista do Corda Solta, Marcos Godoy.

Muitos desses jovens têm influência dos pais e familiares, que trazem esse estilo musical para o convívio dos filhos. “Meu pai sempre ouviu muito samba e choro, isso ajudou a me influenciar, a gostar da festa” diz Luis Gustavo Gaiotto, de 17 anos.

Além do grupo Corda Solta, o evento também teve a participação de convidados especiais, como o radialista Fábio Cardoso Monteiro e a cantora Thelma Sturion, do grupo Cravos e Canelas.

Popular na cidade de Piracicaba, a “Noite de Tradições” acontece toda segunda sexta-feira do mês, na Rua do Porto e em outros bairros da cidade, em suas edições itinerantes, e atrai público de mais de 1,5 mil pessoas de Piracicaba e região.

 

Fotos: Leon Botão

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*