Novembro Azul chama a atenção para a prevenção ao câncer de próstata

Assim como outras cidades pelo mundo, Piracicaba aderiu à campanha Novembro Azul. Quem passeia pela cidade  pode ver alguns pontos turísticos iluminados: o Véu da Noiva, Casa do Artesão e o Monumento do Soldado Constitucionalista (Praça José Bonifácio). No meio do Rio Piracicaba foram instaladas oito lâmpadas azuis. Além da iluminação, ocorreram vários eventos pela cidade, como, o Fractal Voador, uma festa com a participação de várias bandas, na qual o dinheiro será doado para a associação, e palestras para a conscientização.

A iniciativa de começar a fazer o novembro azul na cidade foi de Berna Camargo. “A iniciativa foi minha, em 2009, e o Ilumina adotou completamente. Hoje eu digo que a iniciativa é do Ilumina. O Hospital dos Fornecedores de Cana aderiu à Campanha do Novembro Azul e é um dos grandes parceiros do Ilumina na prevenção do câncer de próstata”. Novembro Azul surgiu, originalmente, na Austrália e a campanha era realizada para a prevenção da diabetes. Mas ficou mundialmente famosa em 2004, quando passou a ser para a prevenção do câncer de próstata.

O câncer de próstata é o segundo tipo mais comum em homens, perdendo apenas para o câncer de pele não-melanoma. No Brasil, todo ano, são mais de 50 mil novos casos são detectados e o número de mortos ultrapassa os 12 mil por ano. Alguns dos fatores de riscos são: homens com mais de 45 anos e histórico familiar. Estudos apontam que homens com dieta rica em gordura animal correm mais risco, e esse tipo de câncer também é mais comum em homens negros.

Os sintomas são: dificuldade ao urinar e necessidade de urinar várias vezes ao longo do dia. Em fase mais avançada pode provocar dor óssea, sintomas urinários, infecção generalizada e insuficiência renal. Quem quiser fazer o exame pode marcá-lo pelo SUS, no ambulatório de especialidades de Piracicaba.

.novembro-azul

Share

Wanderley Garcia

Professor de Jornalismo na Internet. E-mail wfgarcia@unimep.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*