O astro voltou?

Finalmente o técnico Mano Meneses cedeu à pressão da torcida, e convocou o meia atacante Ronaldinho Gaúcho do Flamengo, para o amistoso do Brasil no próximo dia 5 de setembro, no Estádio Craven Cottage, em Londres, diante de Gana.
Mas o povo brasileiro em questão tem a memória curta, quem é que não se lembra daquele jogador baladeiro, que vivia arrumando confusões nas noites de Milão na época do Milan? Daquele atleta que costumava a se atrasar em treinos e pior de tudo, não gosta de treinar? Pois bem, esse é Ronaldinho Gaúcho.
Está certo que ele vem realizando um grande futebol pelo Flamengo, onde é o artilheiro da equipe, mas, será que ele pode ser considerado um astro?
E pensar que o Brasil já teve grandes ídolos como Pelé, Zico, Sócrates, Rivelino, Garrincha, Zagallo, Ronaldo Fenômeno e tantos outros que honraram e “suaram sangue” com a camisa da seleção.
Hoje, o Brasil está carente de ídolos, de jogadores que assumam a camisa 10 e chame a responsabilidade, Neymar e Paulo Henrique Ganso ainda são garotos e não podem ter essa pressão. O jeito é torcer para que Ronaldinho volte a mostrar o seu talento na seleção e que ele busque o título da próxima Copa do Mundo, para que aí sim, ele possa ser considerado um Astro.

Share

Gustavo Belofardi

Aluno do curso de Jornalismo da Unimep-Piracicaba. Para maiores informações mande e-mail para gustavo.belofardi@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*