Obras do corredor de ônibus causa transtorno

Trânsito causado pelas obras.
Trânsito causado pelas obras – Fotos : Luiz Henrique Villela

Obras do corredor de ônibus causa transtorno
A implantação do corredor de ônibus na Avenida Dona Francisca, Vila Rezende, próximo ao Shopping Piracicaba, vem causando desde fevereiro transtorno para comércios próximos e os utilizadores do transporte público.
Durante as obras, aqueles que usam serviço de transporte público estão com o ponto de ônibus temporariamente comprometido. Precisam descer ou pegar o ônibus metros à frente, ou até no meio da rua, colocando em risco a própria segurança. Pessoas com deficiências físicas também estão tendo dificuldades, porque na calçada onde estão precisando esperar para utilizar o serviço não há rampas de acesso para auxiliá-los.
Segundo Alan, Sub – gerente da loja Shopping Car Veículos, a obra poderá trazer benefícios por causa do aumento da capacidade dos esgotos, fazendo que em épocas de chuva diminua a chance de alagamentos. Por outro lado, as obras ocorrem logo em frente ao seu estabelecimento causando transtornos no fluxo de clientes. ‘’Por causa da obra estamos com os dois principais portões fechados’’, comenta.
De acordo com Reginaldo, utilizador do serviço de transporte público, não haverá melhorias com essa implantação. Segundo ele, apenas está atrapalhando o fluxo de veículos pois as obras ocorrem nos dias de semana que são os dias mais movimentados. “Piracicaba não é uma cidade que tenha movimento para ter um corredor exclusivo de ônibus. Deveriam melhorar a infraestrutura dos bairros e periferias’’, reclama Reginaldo. ‘’É que como este ano temos eleições, as obras são apenas um jogo de política’’.
A execução dos corredores de ônibus tem recursos obtidos por meio do financiamento do programa de Mobilidade Médias Cidades, da Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 52,6 milhões, e R$ 2,8 milhões de contrapartida da Prefeitura. Por se tratar de corredores em vários locais, as obras foram divididas em contratações. O corredor da Vila Rezende tem término previsto para janeiro de 2017. Segundo o Secretario de Obras Arthur Ribeiro ”As obras dos corredores estão sendo fiscalizadas por uma gerenciadora contratada pela Prefeitura’’.

Obra causa transtorno a comércios locais.
Obra causa transtorno a comércios locais – Fotos : Luiz Henrique Villela
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*