Piscinão natural de Limeira passa por revitalização

 

A BACIA DE ÁGUAS PLUVIAIS. Foto: Junior Camos.

A bacia de águas pluviais , localizada no Anel Viário de Limeira, na Via Antonio Cruñes Filho, próxima do Supermercado Walmart e do Estádio Comendador Agostinho Prada, foi motivo de queixas por alguns moradores locais e passa por um processo de revitalização junto com a construção de uma passarela, ao lado. As obras da passarela são vistas a todo instante, ao contrário da região da revitalização da bacia, onde  não se vê pessoas trabalhando e aparenta estar em abandono.

O piscinão possui lixo dentro d’água, mato ao redor da superfície do lago e a falta de uma placa indicativa com a proibição do uso do local para lazer.

Os moradores próximos do piscinão reclamaram da situação do lago e das melhorias que gostariam que a região passasse.

” O lago é um incomodo para toda a equipe e o nosso cachorro pegou febre maculosa, com certeza proveniente de algum carrapato da região do lago. Não há mau cheiro vindo do local. Porém, um ladrão já tentou assaltar a casa, abrindo o telhado, certamente favorecido pela região do piscinão”, falou Eliane Ferreira Martins, ajudante da fábrica de folheados, que funciona em uma residência próxima ao lago.

” Gostaria de mais iluminação e revitalização ”, concluiu Eliane.

A moradora Kátia Grandes disse que o lago não traz nenhum tipo de problema ou risco, mas que gostaria de uma revitalização para o melhoramento do local.

Segundo o Secretário do Meio Ambiente, Domingos Furgione Filho, a região do piscinão já esteve em um estado de conservação bem pior, com muito mais lixo dentro d’água, mas que o local passa por melhorias como o desassoreamento do canal, o recomposto de taludes e a replantação de gramas, no entanto, as obras de revitalização do local ainda não estão finalizadas.

LIXO ENCONTRADO DENTRO DO PISCINÃO. Foto: Junior Campos.

” As placas indicativas já foram compradas, mas só serão colocadas com o término das obras ”, informou o Secretário do Meio Ambiente.

De acordo com Domingos Furgione Filho, a bacia de águas pluviais não é funda, mas que nem por isso acidentes deixem de ocorrer, principalmente com crianças. Ele citou também que a fiscalização ambiental, com fiscais dentro de automóveis, está sendo reforçada para evitar que crianças ou pessoas de qualquer idade façam uso do lago.

” Não há riscos de ladrões e nem de usuários de drogas na região da bacia, nem o surgimento de animais peçonhentos. Ou qualquer outro tipo de risco para a população local. O processo de revitalização levará certo tempo para ser concluído, depois de 2012, quando o governo do prefeito Sílvio Félix chegar ao fim ”.

VISTA DO PISCINÃO. Foto: Junior Campos.

 

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*