Ponto sem cobertura expõe usuários ao tempo

ponto
Ponto de ônibus sem cobertura prejudica moradores que utilizam o transporte público (Foto: Natália Mendes)

Moradores do bairro Parque das Nações, em Americana, que utilizam o transporte público da cidade reclamam há mais de quatro anos pela implantação de assento e cobertura no ponto de ônibus localizado na Avenida Florindo Cibin, em frente ao número 3.358. A falta de estrutura no local prejudica os usuários que acabam se refugiando do sol, chuva e cansaço sentados no posto de gasolina, que fica ao lado do ponto.

Segundo a secretária Kelly Alves, que utiliza o transporte público parar ir ao trabalho, a situação é desagradável. “Pego o ônibus da linha 107 por volta de 12h30, nesse horário o sol é muito forte e, assim como eu, vários passageiros esperam o ônibus no abrigo do posto de gasolina, aqui do lado. Em dias de chuva a situação se repete, os motoristas até se acostumaram a serem parados do posto”, explicou a secretária.

O ponto de ônibus localizado na avenida é um dos mais utilizados pelos moradores do bairro devido ao fluxo de ônibus que passam pelo local e pela localização estratégica da avenida, que divide o bairro. Antigamente, uma árvore oferecia sombra aos passageiros, porém a mesma foi podada pela Prefeitura após uma requisição feita por uma igreja evangélica do local. “No meu caso, que sou idosa e não pago pela passagem, não reclamo do ônibus – embora alguns estejam em situações críticas – e nem das linhas, que atendem ao esperado. Reclamo pela estrutura, pelo desrespeito que a viação tem com a gente que utiliza sempre desse transporte. Chego cedo às consultas toda suada, por ficar aqui de pé, no sol, esperando o ônibus passar”, queixou-se a aposentada Iraides Aparecida Neves. Um quarteirão acima, em frente à escola Estadual Prof. Wilson Camargo, existe outro ponto de ônibus, porém este se encontra há mais de 6 meses em situação precária. Até o fechamento da matéria, a empresa responsável não se manifestou sobre o caso.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*