Sambigode traz samba para Unimep

Pela primeira vez, o grupo Sambigode In Tha Laje fez um pocket show, na quinta-feira (18), no teatro deIMG_52972 arena da Unimep, como convite para o Xurras Bixo, evento que recebe os novos estudantes da universidade.
Com três anos de estrada, o grupo mistura diversos estilos musicais interpretados com instrumentos típicos de uma roda de samba. Influenciados por Jorge Ben Jor, Tim Maia, Velha Guarda da Portela, Racionais Mc’s, Rael da Rima, Bob Marley e Pink Floyd, o grupo transforma ritmos e cria uma interpretação dançante, abrasileirada e jovem das canções.
O Sambigode toca com dez integrantes, Leonardo Malta, Kelvin Azevedo, Mateus Souza, Paulo Graciano, Tommy Trevizor, Mauro Frota, João Paulo Rodrigues, Jefferson Ferraz, Edson Figueroa e, frequentemente, recebe forasteiros. “Sempre chega alguém que já fez parte do grupo para tocar”, disse o vocalista e pandeirista Paulo Graciano.
Antes do samba, alguns músicos do grupo faziam parte da banda Retrocesso que, durante oito anos, fez parte da cena hardcore independente da cidade, “Existe um abismo entre os dois estilos, mas isso não foi um problema”, conta Paulo. E completa: “somos fieis ao som e unidos pela vontade de fazer música”.
Na Unimep, o show percorreu quatro estilos entre o samba, xote, rap e reggae, segurando o público até o final da apresentação. Durante o semestre vários estilos foram apresentados na arena. “Com o Sambigode, o público se torna alternativo devido à mistura dos estilos, isso instiga”, comentou a estudante de direito, Mariana Fraceto.
Depois do Xurras Bixo, o grupo segue para Botucatu continuando no circuito universitário. Para mais informações na página do grupo no facebook.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*