Sumaré adapta principais avenidas para deficientes

Avenidas da Amizade, Julio de Vasconcelos Bufarah e região de Nova Veneza e central têm guias rebaixadas; nos bairros mobilidade ainda está comprometida

Sumaré, município com 241.437 habitantes, segundo o Censo IBGE 2010, atende, nas principais vias públicas, a população que precisa de necessidades especiais, como os cadeirantes e portadores de mobilidade reduzida. Esta é uma exigência da Lei Federal 10.098/2000.

Canteiros na avenida da Amizade contam com guias rebaixadas de acesso.
Canteiros na avenida da Amizade contam com guias rebaixadas de acesso. Stéphanie Tomazin Albuquerque Mangueira

A cidade conta com 30% de rampas de acesso concluídas no centro da cidade, e mais de 80% dos pontos de paradas de ônibus com acessibilidade já foram finalizadas na avenida da Amizade,  na avenida Julio de Vasconcelos Bufarah, e na região central de Nova Veneza.

Canteiros centrais da avenida da Amizade possuem guias de acesso para a calçada.
Canteiros centrais da avenida da Amizade possuem guias de acesso para a calçada. Stéphanie Tomazin Albuquerque Mangueira

Apesar de algumas vias públicas necessitarem de reparos e outras ainda não estarem adaptadas, as principais avenidas possuem guias rebaixadas nas calçadas e nos canteiros centrais. A 7 de Setembro, principal avenida do comércio da cidade, conta com vagas de estacionamento exclusivas em cada quarteirão, com sinalização e pintura apropriadas. 

vaga de estacionamento reservada para deficiente, na principal avenida de comércio no centro da cidade.
Vaga de estacionamento reservada para deficiente, na principal avenida de comércio, Sete de Setembro, no centro da cidade. Stéphanie Tomazin Albuquerque Mangueira.

Os bairros ainda necessitam de reparos para garantir uma melhor locomocão, é o que diz Edson Luis da Silva, que sofreu um acidente de trabalho há três meses, e que ficará mais um mês na cadeira de rodas. “É muito difícil se locomover em bairros, já que não têm guias rebaixadas e estacionamentos reservados em proporcão semelhante às principais avenidas”, diz Edson, que mora no bairro jardim Campo Belo.

Segundo João Maioral, secretário de Mobilidade Urbana e Rural de Sumaré, o município já dispõe de 28 veículos adaptados no sistema de transporte público de passageiros. São 11 microônibus e 17 ônibus com elevadores e área reservada para cadeirantes.

Share

2 comentários em “Sumaré adapta principais avenidas para deficientes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*