Tornado causa estrago em Iracemápolis

No dia 11 de outubro um tornado atingiu Iracemápolis. Por volta das 4h da manhã começou sobre a cidade uma chuva torrencial acompanhada de muito vento, suficiente para devastar a região central e alguns pontos localizados de bairros ao redor.

A população ficou muito assustada. Esse não é o primeiro tornado a passar pelo município. Segundo Denílson Granço, vice prefeito municipal, esse já é o segundo tornado num período de 10 anos a fazer estragos na cidade. Em 2003 uma tempestade da mesma intensidade fez inclusive uma vítima fatal. Dessa vez não houve feridos ou mortos.
Quem passou pela praça da matriz observou uma paisagem desoladora. Nessa semana acontece nesse local a festa em homenagem a Nossa Senhora, e havia ali um circo de lona e dezenas de barracas que serviam de infraestrutura para as festividades. Depois do tornado tudo foi ao chão. O que se vê é um emaranhado de ferro retorcido, lonas e galhos espalhados. As cadeiras e mesas de plástico da festa também foram arremessadas pelo vento e ocupam toda a extenção da praça.
O padre local, Edson Adélio Tagliaferro, disse que sua paróquia não medirá esforços para dar continuidade à festa. Ele salientou que a comunidade cristã está muito triste com o acontecido e que terão muito trabalho para reorganizar tudo, mas com muita fé e esforço, seguirão a programação à risca.
O funcionário público Marcos comentou que após a chuva ter passado, a defesa civil imediatamente foi acionada. A defesa Civil chegou à praça por volta das 5h da manhã. “Nunca vi nada igual na minha vida, disse o funcionário da prefeitura”.
Moradores da região também estiveram no local e muitos cooperaram na limpeza como voluntários. A dona de casa Dulce disse que estava em sua casa no momento da chuva. Ela percebeu que a chuva não era normal porque as calhas não suportaram o volume enorme de água que entrou em sua residência.
O chefe da Defesa Civil, José Mauri Moreira, afirmou que o telefone da entidade nunca foi tão acionado. Aproveitou para pedir a população que tenha calma, e disse que a prefeitura está tomando as medidas necessárias para a reconstrução dos danos causados pela tempestade.

Praça da Matriz após passagem do tornado - Foto: Renato Evangelista
Share

Renato Evangelista

Aluno Curso Jornalismo UNIMEP e-mail: renatoevangelista@futtura.inf.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*