UBS 1 do Centro é alvo de reclamações de moradores

Post By RelatedRelated Post

UBS 1
A Unidade Básica de Saúde do Centro, a UBS 1, em Nova Odessa, vem sendo alvo de reclamação de vários moradores devido a falta de médicos especializados, horário de funcionamento não cumprido e o difícil processo para a realização do cadastro para ser atendido.

“É um absurdo, o postinho fala que não tem médicos para atender minhas necessidades, preciso de um pediatra para marcar uma consulta e fui encaminhada para o clínico geral e ele não soube resolver o meu problema”, conta uma doméstica, moradora do bairro e que pediu para não ser identificada.

Os usuários questionam o horário de funcionamento da UBS 1, que permanece aberto das 7 às 19h. No local há uma placa informando que o os serviços são prestados 24 horas. “Eu fui para o postinho por volta das 23h porque minha perna estava doendo muito, cheguei lá e dei de cara na porta!”, diz outra moradora, que não quis ser identificada.

“A burocracia para fazer cadastro no postinho para ser atendida é enorme”, afirma a dona de casa de 32 anos. “Vim para o postinho fazer o cadastro dos meus dois filhos e tive que enfrentar uma fila muito grande para ser atendida, demorava demais. Fui ser atendida cerca de uma hora depois e a funcionária pediu inúmeras cópias de documentos dos meus filhos, ele estava com muita dor e a funcionária me pedindo os documentos ao invés de encaminhá-lo para um médico”, informa.

Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, a UBS 1 realiza os atendimentos na área de pediatria, odontologia, ginecologia, enfermagem e farmácia, além do encaminhamento para os clínicos gerais. A orientação para os casos de pediatria, é que até a normalização, que deve ocorrer nos próximos dias, os pais e responsáveis devem encaminhar as crianças para as Unidades Básicas de Saúde mais próximas de suas residências.

A respeito dos atendimentos, a UBS 1 é informatizada, por isso, deve ser apresentado o número do cartão do Hospital Municipal Dr. Acílio Carron Garcia. Para os casos de emergência, o pronto-atendimento, basta que as pessoas apresentem qualquer documento de identificação, pois mesmo em casos em que o paciente chegar desmaiado, por exemplo, os cuidados não deixam de ser oferecidos. Se necessário, a ambulância que fica na Unidade leva o paciente até o hospital municipal.

Share

Bruno Aguiar

UM COMENTÁRIO

  1. moro na vila zatt, faço parte da ubs vila zatt,mas o mesmo não tem agente comunitário,pois tenho meus pais idosos não recebem visita de nenhum orgão de saúde,já procurei saber porque não tem agente comunitário,diz que é porque a ubs que nós fazemos parte tem especialidades,mas minha mãe por exemplo marcaram consulta para ela em outra região sendo que aqui na ubs da vila zatt tem a especialidade em que foi marcada a consulta,é muito dificil me locomover com ela pois tem dificuldades de andar
    como faço para solicitar agente comunitário,pois só tem eu e minha irmã pra resolver todas as consultas dela

DEIXE UM COMENTÁRIO

Email (will not be published)

*