Grêmio Vivaz realiza bingo com os idosos do Lar Betel

Post By RelatedRelated Post

Grêmio Vivaz realiza bingo com os idosos do Lar Betel

O Grêmio Vivaz do Colégio Seletivo proporcionou aos idosos da instituição Lar Betel uma tarde de brincadeira e diversão

Em Piracicaba, na tarde de 3 de maio de 2017, o Grêmio Vivaz do Colégio Seletivo realizou um bingo no Lar Betel para os idosos, proporcionando uma mudança de rotina para todos.

Integrantes do Grêmio Vivaz com idosos residentes no Lar Betel após a confraternização e bingo, no dia 3 de maio (foto: Grêmio Vivaz)

O grêmio (organização estudantil para fins sociais e acadêmicos) atua há três anos no colégio. A atividade do dia 3 de maio foi à primeira com os idosos. A iniciativa foi de uma das participantes, Gabriela Lemos, que já tinha feito  vários trabalhos voluntários e decidiu trazer isso ao grêmio. A estudante entrou em contato com a assistente social do lar perguntando se havia algo dinâmico pra se fazer. “Surgiu à ideia de fazermos o bingo com os velhinhos, uma experiência única e muito valiosa”.

 

Pedro Sobral, integrante do grêmio, é um dos estudantes que se comoveu com os idosos. “Eu tinha em mente que todos os idosos eram iguais, vi que isso não é verdade. Achava que era uma mentira que os velhinhos se divertiam com bingos”. Para os alunos, a maneira como foram recebidos pela instituição trouxe lições de moral, “a visita foi cativante” diz Tainá Felix, aluna do Seletivo. Felipe Campos, estudante do segundo colegial, se emocionou com a visita: “É triste ver os idosos deixados ali, como se não tivessem mais utilidade para nada”.

Da esquerda para direita, Pedro Sobral,Felipe Campos, Taina Felix, Gabriela Lemos e Kauiza Barros. (foto: Gabriela Martins)

Orientadora do Grêmio Vivaz e professora de filosofia e sociologia, Kauiza Barros iniciou esse projeto com outros alunos para mostrar aos estudantes o dever do ser humano: “A escola não tem só o dever de ensinar história, matemática e outras disciplinas. A escola necessita mostrar a seus alunos o papel deles na sociedade, a ética e a moral e a ajuda ao próximo. Desta forma, suas atitudes ditarão quem eles querem ser futuramente”.

O residente José Fronel relatou que amou participar do bingo e principalmente interagir com os alunos. Ao descobrir que aconteceria o jogo, já disse que com certeza iria participar e que seria o vencedor. “Eu amaria se os alunos viessem mais vezes.” O grupo, como forma de brinde, arrecadou mantimentos e produtos de higiene para entregar aos residentes que participaram do bingo.

A assistente social do Lar Betel, Celise Helena Calixto, explica que as visitas aos idosos são importantes para a qualidade de vida deles, pois estimulam a parte cognitiva, promovendo maior independência e autonomia. “Os idosos receberam os alunos do grêmio com muita alegria. O trabalho voluntário é sempre muito importante para a instituição, pois complementa o trabalho realizado pela equipe multidisciplinar.”

Para ser um voluntario da instituição Lar Betel é necessário passar por uma entrevista com a psicóloga da instituição, Sara Taranto Vechini, para levantar perfil e potencialidades dos voluntários.

 

Share

Gabriela Martins

DEIXE UM COMENTÁRIO

Email (will not be published)

*