Registrados 643 casos de apreensões de drogas em Piracicaba em 2011

De acordo com os dados divulgados pela Secretaria Estadual de Segurança Pública, em Piracicaba, houve 643 casos de apreensão de entorpecentes em 2011. Segundo o delegado da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Wilson Lavorenti, o aumento do consumo do crack tem chamado atenção da Polícia. “As drogas mais apreendidas são a maconha e a cocaína. O número de apreensão do crack tem aumentado e está praticamente igualado à quantidade das outras drogas”, falou o delegado.

Não há local fixo para a distribuição de drogas no município, isso gera dificuldade de apreensão. “Hoje em dia os locais de distribuição e uso estão espalhados pela cidade”, explica Lavorenti.
Há também a dificuldade de encaminhamento de usuários. Segundo o delegado, são poucos locais de encaminhamento para tratamento do vício.

Para Lavorenti, o grande problema é tratar o combate ao tráfico somente como assunto da polícia. “O enfrentamento não pode ser só policial, tem que ser educacional, na parte da conscientização e ser tratado como um problema de saúde pública”, finalizou o delegado.

Share

André Medolago

Aluno do terceiro semestre de jornalismo da Unimep.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*